terça-feira, 7 de julho de 2015

Rabiscos #35 - Aquele dos mini-robôs

Borderlands é um jogo bem divertido. Estou jogando o segundo da franquia com o namorado e tá legal pra caramba. Sim, pulei o primeiro. Não tô exatamente muito preocupada com a história dele não xP

Mas justamente do jogo não jogado saiu um desenho do Lindão. Ele desenhou a Lilith e eu, seguindo a tendencia de desenhar o "mascote" relacionado, pensei em fazer o Clap-Trap. Porém, eu não estava muito satisfeita com a ideia de desenhar apenas aquele pequeno montinho de lata, arrogância e sarcasmo, então coloquei junto dele um montinho de lata, doçura e carinho.

Acho que não existem dois personagens mais opostos

Wall-E <3 Crossover tão nada a ver, que me pergunto porque não vi nada do tipo ainda (resposta: provavelmente porque eu não procurei u.u). Bom, terminei essa mistureba no dia 11/06/2015 e como só tinha linha reta pra fazer, a line art não tem nada de mais xP No final diria que as sombras ficaram... olhando agora elas ficaram mais ou menos. Tô achando que o Wall-E ficou muito escuro, falta sombra na frente do Clap-Trap e os pontos de luz estão meio tortos também. Essa lógica de sombras é um tanto complexa, ainda tenho muito chão até entender isso de verdade. Se não bastasse estar mais ou menos, as sombras acabaram escondendo um pouco o rastro do Wall-E se afastando do Clap-Trap.

Foge, fofinho. Foge mesmo que esse aí não é coisa boa.

Moral da história: onde estava o departamento de vai dar merda quando precisei dele? xP Basicamente eu preciso pensar mais antes de sair colocando sombras e pontos de luz. Ok, não deu uma merda federal, mas o departamento só me avisaria pra desenhar com mais calma e foco xP

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Paçoca, pé-de-moleque, gibi, doce de amendoim, pé-de-moça, whatever

Mãe, dá um pouquinho disso que você está fazendo?

Eu cresci com a Vovinha cuidando de mim. Com ela eu aprendi o básico para sobreviver, como fazer arroz, bife, temperar feijão e algumas coisas diferentinhas.

Mas o mais legal que ela me ensinou foi fazer pé-de-moleque ou paçoca. O nome importa pouco. É um doce de amendoim que eu gosto muito de fazer, principalmente para presentear as pessoas.

E por gostar de presentear as pessoas com essa bomba de gordura e açúcar esse mimo, é comum me pedirem a receita. Vovinha adorava trocar receitas, por isso manterei a tradição e a compartilharei aqui. Vamos lá!

Paçoca ou pé-de-moleque
  • 500g de amendoim (torrado, descascado e moído... mas se quiser testar fazer com o amendoim inteiro, deve dar certo! Me conta se fizer, por favor!)
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 12 colheres (sopa) de açúcar - tanto faz se refinado ou mascavo, mas se for o mascavo, convém colocar um pouco menos pra não ficar tão forte.
Coloque tudo numa panela e leve ao fogo médio/alto e siga mexendo por uns 20 minutos, mais ou menos. A mistura começa a ficar pesada, então força aí!
Pra ver o ponto é só colocar um pouquinho do doce na água. Se ele não desmanchar, ficar firme, está pronto. Tire do fogo e continue mexendo por uns 5 minutos (ou não, eu tô cada vez mais preguiçosa pra fazer isso xP). Coloque a mistura sobre uma superfície untada com manteiga/margarina/óleo e, pra deixar liso é só pressionar a mistura com um pano úmido ou espátula, corte os pedaços e espere esfriar.

Olha, se você é uma pessoa que convivo (sim, convívio virtual conta), saiba que a minha meta é sempre fazer eu mesma pra você provar. Faça, é uma delícia. Só fique ciente que na primeira oportunidade que eu tiver de fazer paçoca para você, eu farei. Se você caiu aqui por acaso, aproveite bem a receita e me mande um email ou deixe comentário falando o que achou =)

Qualquer dúvida, é só perguntar! o/

terça-feira, 30 de junho de 2015

Rabiscos #34 - O meio de transporte que eu nunca entendi

Eu sei bem pouco sobre Avatar: The Last Airbender. Assisti uns poucos episódios por acaso apenas. Afinal, não é de hoje que me falta tempo e interesse pra quase tudo nesse mundo. A animação teve boas críticas, se você não viu, dê uma chance. Creio que vale a pena ^^

Pois bem, Lindão foi desenhar a Toph e eu não fazia a menor ideia do que fazer pra acompanhar. Fuçando um bocado, encontrei o Appa. Não entendo como diabos essa criatura enorme e sem asas voa. Deve ter alguma relação com a habilidade de dobrar o ar, mas dane-se, isso pouco importa. Entender o Appa não está na minha lista de pendências mesmo xP

Eu sou ranzinza, mas o bicho é fofo vai X3

Eis o búfalo tatu voador!

Esse moço foi concluído no dia 02/06/2015 e, salvo o fundo mequetrefe, ficou ok. Esse truque do fundo "pinceladas" só funcionou mesmo no Chocobo xP Ok, Brasil. Parei com isso u.u Perdão pelo vacilo. O contorno nas partes menores ficou bem legal. Nas maiores ainda não tá tudo isso, mas tá evoluindo.